Bairro-Escola é certificado como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil

03/09/17 //

O Bairro-escola é uma das tecnologias sociais certificadas pelo Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017. A certificação contempla a experiência vivida pelo Bairro-Escola Rio Vermelho, em Salvador (BA), inspirada na metodologia desenvolvida pela Cidade Escola Aprendiz.

A experiência no Rio Vermelho teve início, em 2012, com um diagnóstico elaborado com a participação da comunidade e o apoio técnico do Aprendiz, da CIPÓ – Comunicação Interativa e do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (ICEP). Ao longo de 2013, foram realizadas diversas atividades, que culminaram com um seminário no final do ano, para produzir o primeiro Plano Educativo Local, onde estavam descritos os objetivos e as ações que que seriam realizadas até 2016 com o principal objetivo de fomentar o primeiro bairro educador da cidade.

A mobilização intensa foi fundamental para que o Bairro-Escola Rio Vermelho ganhasse visibilidade, legitimidade e apoio. Mas além de conhecer e mobilizar os agentes, foi preciso também reconhecer e articular os demais ativos do território. Em um mapeamento mais profundo, foram levantados dados estatísticos, os problemas e as oportunidades que o bairro poderia oferecer para potencializar o desenvolvimento integral de seus estudantes.

A colônia de pescadores que organiza a Festa de Iemanjá, a Casa do Rio Vermelho onde morou o escritor Jorge Amado, as baianas de acarajé, as empresas de economia criativa, os ateliês dos artistas foram alguns dos achados que se transformaram em oportunidades de trabalho conjunto.

Vale destacar que desde então as praças tem sido transformadas em salas de aula a céu aberto, abrigando festivais, saraus de leitura e atividades temáticas. Eventos em que as escolas públicas e seus alunos, muitas vezes invisíveis ou estigmatizados pela população local, puderam mostrar a sua face mais luminosa e interagir com a comunidade do entorno.

Ao longo dessa caminhada,  o IDEB das escolas participantes cresceu de forma consistente e a comunidade escolar e seu entorno foram se apropriando da iniciativa e do próprio bairro como oportunidades educativas.

Atualmente, o Bairro-Escola Rio Vermelho é coordenado por uma Comissão Gestora composta por membros que representam os diversos setores do território. Os estudantes também se envolvem, seja para indicar o que não está funcionando na sua educação, seja para elaborar propostas, realizar projetos ou mobilizar outras pessoas.

Para conhecer um pouco mais da experiência, é possível acessar a tecnologia no endereço http://bit.ly/2uOpmaA e também o site www.bairroescolarv.org.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>