Plataforma Apreender lança marketplace de conexão entre empreendedores e educadores

22/08/16 //

No mês de agosto, a plataforma Apreender, do Inspirare, agregou novas funcionalidades. Além da reorganização dos conteúdos e referências, foram criadas novas funcionalidades como a ferramenta de diagnóstico, que orienta o empreendedor na busca de conhecimento, e o espaço de conexão entre empreendedores e educadores para validação de soluções educacionais por profissionais da área. A ideia é estimular que soluções inovadoras cheguem às escolas de forma rápida e eficiente, melhorando o engajamento, a aprendizagem e o desenvolvimento dos estudantes.

“Ao apoiar essas startups estimulamos a criação de soluções educacionais inovadoras capazes de gerar impactos efetivos na qualidade da educação, explica Ana Flávia Castro, do Inspirare. “A ideia é fortalecer os negócios conectando os empreendedores com a ponta, com professores que vivem o dia a dia das escolas. O marketplace vai permitir que profissionais da educação testem, avaliem e validem as soluções criadas pelos empreendedores. Mas não será um espaço de compra e venda”.

Ana Flávia Castro durante Fórum de Finanças Sociais, no Colégio Anhembi Morumbi.

Para Ana Flávia, ainda há um distanciamento entre quem desenvolve soluções em educação e quem precisa resolver problemas reais na área. “É preciso aproximar empreendedores e educadores e construir esse processo de colaboração e interação entre esses dois públicos”, acredita.

O marketplace de Educação foi desenhado pelo Inspirare com vários educadores e empreendedores de negócios de impacto, para assegurar a efetividade da iniciativa, que faz parte da plataforma digital Apreender – empreender na aprendizagem.

insti 2 ana flavia

Conversa sobre educação no Espaço Multiuso do Fórum de Finanças Sociais.

Além dos desafios naturais de empreender, as startups de educação enfrentam dificuldade adicional, vital para sua sobrevivência: mobilizar a comunidade escolar para que, de fato, as ferramentas que desenvolvem sejam usadas pelas escolas. “De que adianta criar um programa excelente que ajuda a ensinar matemática se o professor não usa?”, pergunta Ana Flávia.

Nesse mês de lançamento do marketplace, a Apreender participou de uma conversa sobre Educação durante o Fórum de Finanças Sociais, promovido pelo ICE e Vox Capital, e também esteve no encontro com educadores da Rede ViaE no Colégio Anhembi Morumbi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>