Seminário avalia positivamente ações do Bairro-Escola Rio Vermelho

25/11/15 //

O IV Seminário Bairro-Escola Rio Vermelho (BERV), realizado no dia 24 de novembro de 2015, na Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia, promoveu uma avaliação das ações dos últimos anos da iniciativa, a partir do Marco de Resultados criado em 2013, e priorização das ações para o próximo ano.

Os grupos de trabalho avaliaram que o Bairro-Escola Rio Vermelho encontra-se na fase intermediária em quase todos os eixos, considerando os resultados esperados até o final de 2016. Uma das metas previstas, por exemplo, é garantir “colaboradores da comunidade capacitados e comprometidos com o planejamento e execução do Plano Educativo Local”. Atualmente, o BERV tem uma estrutura de governança, em fase de consolidação, funcionando com a participação de atores do bairro engajados com a iniciativa.

Crédito: Agência Bairro-Escola Rio Vermelho

Crédito: Agência Bairro-Escola Rio Vermelho

No Eixo de Políticas Públicas, entretanto, avaliou-se que o projeto está em uma fase inicial, já que o poder público começou a entender recentemente a proposta do Bairro-Escola. “A educação integral no Estado também está engatinhando. São apenas três anos”, avaliou Rowena Brito, coordenadora do Programa de Educação Integral – PROEI, da Secretaria Estadual de Educação da Bahia.

Para entender melhor as etapas e estratégias analisadas, é possível baixar o Marco de Resultados do Bairro-Escola Rio Vermelho.

Crédito: Agência Bairro-Escola Rio Vermelho

Crédito: Agência Bairro-Escola Rio Vermelho

No Seminário foi feito também um exercício de planejamento para 2016. Divididos em subgrupos, todos os participantes responderam o que era preciso alcançar em 2016, o que será feito para atingir as metas e quem serão os responsáveis pelas ações. Os parceiros puderam ter uma visão mais ampla sobre o potencial da rede colaborativa criada, com ampla diversidade de grupos, instituições e pessoas interessadas em ofertar seus conhecimentos e, consequentemente, trocar e produzir novos saberes, fortalecendo as ações de educação integral no território do Rio Vermelho.

No âmbito da sustentabilidade do Bairro-Escola, Anna Penido, diretora do Instituto Inspirare, explicou que seria muito importante que a Comissão Gestora apresentasse uma nova proposta de projeto para 2016, com estratégias de superação dos principais desafios identificados ao longo de 2015 e ações que contemplassem o que foi debatido durante o seminário. A Comissão aceitou o desafio e se comprometeu a apresentar um projeto até final de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>